Como atrair e converter leads com conteúdo e inbound marketing

leads-com-conteudo-inbound-marketing-blog

Inbound marketing é o futuro do marketing digital porque é o tipo de estratégia que todos amam. A quantidade de spam, anúncios e banners que bombardeiam os sites não é mais tendência há muito tempo. Você precisa concordar que quando recebe o conteúdo certo, no momento certo e no lugar certo, a reação sempre é positiva e a possibilidade de clicar naquele anúncio é muito grande.

É uma experiência ótima quando você pesquisa no Google sobre alguma solução, encontra um e-book gratuito no site relacionado ao assunto; depois recebe um e-mail perguntando o que você achou do conteúdo divulgado, e ainda por cima também confere uma dica, em forma de infográfico sobre esse serviço.

Portanto, se o consumidor tem o poder de “deletar” sua campanha e seus esforços, a melhor estratégia é conquistá-lo com o conteúdo que ele de fato quer – o chamado inbound marketing.

Como atrair

A atração do lead é a etapa do topo do funil de vendas. Lead é toda a pessoa que tem interesse no que a empresa tem a oferecer, sem ter necessariamente adquirido nada ainda, ou seja, um cliente em potencial. Esse é o momento de atrair o visitante com conteúdo interessante em blogs, através da prática de SEO e com as mídias sociais. Resumidamente, você atrai através de conteúdo, sem a pretensão de vender algo necessariamente, mas sim como se estivesse dizendo “eu entendo a sua necessidade e posso dar dicas sobre ela”. Um conteúdo de qualidade atrelado a uma estratégia não invasiva vai chamar a atenção do seu prospect porque ele verá que você se preocupa em ganhá-lo com a fidelização e não pagando por ele. Se o seu conteúdo agregar valor à experiência do usuário, você vai conseguir transformar os cliques em clientes.

Blogs atraem as pessoas que querem se manter informadas sobre seus serviços, sem necessariamente procurar por ofertas. Uma produção diversificada de conteúdo mostra que você se importa com o engajamento e em informar o cliente. Também é importante ter atrelado o seu blog ou site às mídias sociais. Isso faz com que todos os canais de comunicação estejam interligados, além de ser uma vitrine para a sua marca. Hoje em dia, o campo de busca do Facebook, por exemplo, está se transformando em uma forma de pesquisar negócios locais.

Também é preciso prestar atenção ao uso de palavras-chave. Pesquise quais são as palavras ou termos que o seu público mais utiliza nos campos de busca e as utilize no seu conteúdo: tanto em blogs quanto no site. Pesquisar um produto ou serviço é comum entre a maioria dos usuários na internet atualmente. Não estar posicionado nos buscadores para as palavras que seus prospects procuram significa perder leads diariamente. Se as pessoas procuram na internet sobre o serviço que a sua empresa oferece, você precisa estar lá.

Como converter

É a etapa do meio do funil de vendas. Essa fase se resume a conseguir dados da pessoa, como nome e e-mail. Vamos supor que o seu lead preencheu o formulário de contato do site, assinou a newsletter ou baixou um ebook; essa já é a etapa de conversão, mesmo que a compra não tenha sido feita. Agora, você pode mandar e-mail marketing relacionado ao produto, mas não bombardeá-lo de mensagens ou ligações. Empresas relevantes continuam se envolvendo, encantando e transformando sua lista de clientes em fãs, sem sobrecarregá-los.

Com esses dados, você deve estudar qual a mídia que gerou mais resultados, ou seja, mais visitas; além de analisar quais estratégias trouxeram leads mais engajados e que se interessaram em deixar informações de contato. O que gerou mais cliques foram as redes sociais, blog, banners? Esses dados ajudarão a estruturar uma estratégia mais certeira e que custa menos, já que você saberá em quem está investindo.

Sabendo também quem é esse lead, você pode criar uma persona e estabelecer um perfil de cliente. Assim, as suas campanhas serão muito mais efetivas ao saber quem está recebendo e quem está interessado. Por exemplo, se no cadastro para receber newsletter a pessoa escreveu que trabalha na área de tecnologia, é do sexo feminino e tem entre 25 e 30 anos (e caso você tenha acrescentado esses campos de preenchimento), você pode mandar para ela apenas os materiais específicos que se encaixam no seu perfil. Do contrário, se você não planejar o foco e direcionamento da sua campanha, irá gerar uma taxa de rejeição gigante.

Você tem mais alguma sugestão sobre como atrair o cliente com inbound marketing? Escreva nos comentários!

2 ComentáriosDeixe seu comentário

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *