Call to action: O que é e quando usar?

cta-blog

Você provavelmente está ciente de que o maior objetivo em torno de um site é influenciar os seus visitantes a fazerem algo. Quer seja efetuar uma ligação, preencher um formulário ou fazer o download de algo, se você quer induzir o seu público a efetuar uma ação, precisa entender bem o que é uma Call to Action e como ela deve ser usada – uma vez que ela é essencial para o sucesso de qualquer site.

Para facilitar a sua vida, explicamos tudo neste artigo. Confira:

O que é uma call to action?

As Call to Actions, também chamadas de CTAs, são, em uma definição bem simplificada, estímulos criados para incitar um visitante a realizar determinada ação dentro do seu site. A tradução literal do termo é “Chamada para Ação”, o que significa dizer que você está chamando o usuário para uma ação. As CTAS podem ser dos mais variados tipos, aqui estão alguns exemplos:

  1. Faça Download Gratuito de nosso ebook
  2. Faça um teste!
  3. Registre-se para o nosso webinar
  4. Assine a newsletter e ganhe um desconto
  5. Registre-se para ganhar um cupom grátis
  6. Baixe agora mesmo!

Como as call to actions são formatadas?

Uma CTA costuma ser inserida em diferentes lugares e conteúdos da sua estratégia de marketing: e-mails marketing, SMS marketing, redes sociais, e-commerce e, especialmente, em websites. Esses comandos ou estímulos podem estar na forma de botão, como uma imagem e no próprio texto, dependendo da plataforma onde ele está inserido.

Por que você deve se preocupar com Call to Actions?

Você tem três grandes razões para ter boas CTAS em seu site:

1. Ela ajuda a direcionar os seus usuários

Se o seu visitante tem dúvidas sobre o que fazer com a informação que você compartilhou, a call to action esclarece qual deve ser o próximo passo dele.

2. Ajuda você a acompanhar o desempenho do seu site

Quando você consegue mensurar o número de pessoas que acessam determinada página e o número de pessoas que tomaram uma ação na mesma, você pode determinar as taxas de conversão e, assim, identificar o desempenho do seu site. Isso faz com que você constantemente aprimore a sua estratégia para melhorar o seu índice de conversões.

3. Esclarece o objetivo e os serviços de determinada empresa

Uma call to action tem o poder de não deixar dúvidas sobre o que uma empresa faz e sobre o que o site trata. Para entender, vamos analisar um exemplo simples: quando você visita o site da Avast, empresa de antivírus, ao observar as call to actions, você sabe imediatamente que eles querem que você faça download da versão trial do aplicativo. A CTA é isso: ela mostra o que uma empresa faz e o que ela espera do leitor.

Quando e como devo usar uma CTA?

Basicamente, como já dissemos, você deve usar uma call to action quando deseja que o seu público tome alguma atitude em relação a algo em seu site. Aliás, sempre tenha um Call To Action quando o seu objetivo é motivar alguém a se engajar mais profundamente.

Aqui vão algumas dicas para criar boas CTAs:

  • Mantenha as suas call to actions bem visíveis.
  • Seja simples: vá direto ao ponto. Não é necessário muitas “firulas” no texto.
  • Imperativo: use verbos como “ligue”, “faça”, “clique”, “registre”, “conheça”, “baixe”, e etc.
  • Teste suas CTAS: é importante analisar taxas de conversão para ver se sua CTA é efetiva.

Agora que você entendeu tudo sobre Calls To Action, aqui vai a nossa: conte para a gente como você acha que as boas CTAs devem ser?

2 ComentáriosDeixe seu comentário

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *