Google Ads: como fazer campanhas no setor de Educação

photo-1561451212-d7350aa8d04c

Para muitas empresas, o Google Ads é uma ferramenta essencial para consolidar suas campanhas de marketing. No setor de Educação, porém, é comum ver as Instituições de Ensino penando nessa área, perdendo a chance de realizar muito mais conversões.

O motivo é simples: para grande parte dessas IEs, o mundo digital ainda não foi desbravado.

Sua presença online se limita às redes sociais, a produção de conteúdo é errática e não é frequente e todo foco está no site.

A partir desse cenário, as Instituições de Ensino procuram experimentar o Google Ads lançando suas campanhas. Porém, sem a expertise necessária ou o conhecimento de Marketing Digital para IEs, acabam desperdiçando recursos.

Dessa forma, além de dinheiro, descarta-se a chance de povoar os cursos de matrículas e rematrículas. Afinal, o Google Ads é uma excelente ferramenta de propaganda digital, capaz de encontrar os perfis mais propensos a fazer negócio, e colocar a sua marca em todo seu dia a dia digital.

Que tal aprender algumas táticas para aprimorar as suas campanhas de Marketing para o setor de Educação? É só continuar a leitura para aprender mais!

Como funciona o Google Ads para empresas de Educação?

A questão prática é igual para todo tipo de uso, independente do nicho. O que deve mudar é a abordagem e a configuração das campanhas.

No Google Ads, é possível criar dois tipos principais de anúncios:

  • Rede de Pesquisa: que aparecem nas páginas de resultados de pesquisa do Google, baseados principalmente em palavras-chave.
  • Display: aparecem em banners de sites parceiros do Google (praticamente todos) e também nos vídeos do Youtube.

Os dois tipos possibilitam diferentes formatações, segmentações e lances.

Este último tem a ver com as palavras-chave: os anunciantes definem lances (valores) para cada palavra-chave que buscam ranquear e vincular seus anúncios.

Cada vez que um usuário clica no anúncio, o anunciante paga o lance definido (é conhecido também como CPC, Custo por Clique).

Dicas para melhorar as suas campanhas no Google Ads

Antes de conhecer as formas de otimizar seus anúncios, lembre-se que seu Marketing Digital deve estar alinhado. Todo setor deve seguir o mesmo planejamento estratégico, com metas e objetivos bem definidos.

Com uma gestão transparente e eficiente, desenvolver campanhas criativas e assertivas fica muito mais fácil. Aprenda algumas dicas!

1# Encontre as palavras-chave mais relevantes para sua IE

Se coloque no lugar do seu estudante (que é a sua buyer persona) e pense no tipo de pesquisas que ele faria no Google. Quais palavras usaria ao buscar por determinado curso?

Ele iria direto para as opções ou buscaria por algumas respostas mais técnicas, como “Quanto um engenheiro mecânico ganha?”, “É possível trabalhar na Europa como designer?”.

A partir disso, você saberá quais as palavras-chave mais relevantes para ele. Assim, além de conseguir guiar uma melhor produção de conteúdo para seu blog (ou outro meio), você terá o combustível para alimentar anúncio certeiros!

2# Segmente seu público-alvo de acordo com o filtro demográfico

No caso de Instituições de Ensino, especialmente aquelas com campus instalado, vale muito a pena segmentar o público-alvo de acordo com o filtro demográfico.

Afinal, a distância é uma importante variável para que os alunos escolham sua próxima IE.

Dessa forma, você atinge de forma mais assertiva os possíveis clientes.

isso, é claro, use e abuse de todos os filtros de segmentação (idade, gênero, renda, etc).

3# Aperfeiçoe seus anúncios de Display

Os anúncios no Display do Google Ads podem contar com imagens que reforçam a mensagem do anúncio. Por isso, busque criar banners e textos infalíveis, com uma linguagem direta e objetiva.

O foco é sempre captar a persona utilizando como gancho a sua dor (“Quer se qualificar para ganhar mais?”, “Quer mudar de emprego e crescer na carreira?”, etc).

Anúncios em vídeo também são ótimas opções, já que o Youtube é lar de vários canais com público diverso e qualificado.

4# Capriche nas Landing Pages

Ao clicar no anúncio, o consumidor é enviado a uma Landing Page para que converta na ação proposta: pode ser um e-book, uma inscrição em newsletter, uma lista de espera para matrículas.

A Landing Page representa o último passo do possível cliente antes de entrar em sua base. Por isso, deve ser otimizada ao máximo. Algumas boas práticas incluem:

  • Uso de cores que conversem com a marca e sejam apelativas ao olhar.
  • Texto objetivo, explorando bullet points.
  • Inclusão de imagens, ilustrações e mesmo vídeos (porém, de forma que não pesem na página).
  • Responsividade para que seja mobile-friendly.

5# Monitore constantemente a performance das campanhas

Por fim, esteja sempre de olho no desempenho de cada anúncio no Google Ads. Esse acompanhamento, que deve ser diário, é essencial para que você tenha uma leitura em tempo real dos resultados.

Assim, ajustes podem ser feitos na hora. Além disso, é mais fácil de obter insights valiosos, que potencializem as conversões.

E então, pronto para arrasar no uso do Google Ads em sua IE? Esperamos que as dicas ajudem!

Para mais conteúdos sobre Marketing Digital para o setor de Educação, continue de olho em nosso blog!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *