Entenda o consumidor atual e passe pela crise com sucesso

passar-pela-crise

A atual circunstância econômica do Brasil tem causado grandes divergências de opinião entre os especialistas. A situação fiscal do Brasil, com o desequilíbrio nas contas públicas e a crise do câmbio flutuante despertou um clima de temor entre os brasileiros. Entretanto, nem tudo na economia está perdido. Muito pelo contrário. É em tempos de crise que empresas com um alto grau de estratégia conseguem se sobressair, conquistando novos mercados e melhorando seu posicionamento de marca. Mas qual é a fórmula secreta? Em que devo investir e o que preciso cortar em meu orçamento para manter uma boa carteira de clientes?

Cortar ou diminuir custos que não contribuem para a atividade fim da empresa realmente é fundamental. Contudo, muitas vezes confundimos o que é custo e o que é investimento. E nesses tempos de crise, a área de marketing é, erroneamente, a mais afetada.

Marketing: custo ou investimento?

Muitas empresas ainda possuem a visão conservadora de que essa área é apenas um apoio para a estrutura do negócio e que não traz grandes resultados. Em alguns casos, essa realmente é uma verdade. Pois nessas companhias, o marketing é visto como um custo e não um investimento. E, dessa maneira, não irá trazer retorno.

A maneira como trabalhamos o marketing dentro de nossas organizações irá afetar diretamente de que forma passaremos pela crise: positiva ou negativamente. Ele é responsável por influenciar a percepção de valor do consumidor em relação ao seu produto ou serviço e, portanto, não deve ser uma área ignorada e muito menos tratada como custo. Mas, então, como lidar com essa estratégia como investimento mesmo em períodos de recursos financeiros escassos?

Marketing como investimento

O primeiro e mais importante passo é a elaboração de um planejamento financeiro, mais precisamente dos investimentos em marketing que serão feitos ao longo do ano. É preciso ter uma sinergia com o setor financeiro para compreender qual a situação financeira real e como será possível trabalhar em ações que tragam um retorno palpável para a empresa.

Agora você deve estar pensando: concordo com o planejamento. Já sei quanto posso gastar em ações. Só que o dinheiro está curto. O que faço?

Marketing digital: a solução

Com o planejamento elaborado, você terá os recursos mapeados e saberá em que pode investir ou não. Não é surpresa para ninguém que o marketing digital possui ferramentas que facilitam o estreitamento do relacionamento com os clientes e o público em potencial e ainda evita o desperdício de dinheiro. Por isso, mãos à obra!

Quais os passos a serem seguidos? Veja a seguir:

Invista em comunicação: aproveite as mídias sociais para estreitar a comunicação com seu público-alvo. O que importa aqui é manter uma relação constante, com conteúdo relevante e baseado na confiança.

Mantenha sua imagem: mesmo em tempos de crise, o marketing digital precisa ser visto como um investimento. Portanto, em seu planejamento e mapeamento de recursos, separe um orçamento para investir na sua imagem. Tenha um site, faça posts, promova vídeos, infográficos e pesquisas. Esteja presente, constante e faça parte da rotina do consumidor. Em tempos de temor, a confiança é um bem valioso. Mostre que sua empresa vale à pena!

Invista em conteúdo: apesar de ele já fazer parte da comunicação, é bom destacá-lo mais uma vez. Um bom posicionamento na busca orgânica auxilia na hora de se tornar uma autoridade no assunto. Ou seja, a confiança trabalhando mais uma vez para melhorar os resultados em tempos de crise. Uma boa forma é criar landing pages com ebooks grátis sobre assuntos complementares à sua solução.

Cultive seus relacionamentos: um cliente antigo é sempre mais custoso de se manter. Por isso, cultive esse relacionamento. Por mais que ele traga custo, é também um investimento. Afinal, esse cliente traz retorno para você. Contudo, lembre-se de também sair à procura de clientes novos, sempre mostrando que sua empresa é de confiança e uma marca forte no mercado.

Entenda que não há nenhuma fórmula mágica e que com o aumento da inflação e o poder de compra menor, o consumidor tem buscado reduzir seus custos, adaptando-se à nova realidade econômica. Porém, um ponto muito importante durante os tempos de crise, como vimos, é a confiança. E ela pode ser construída e estabelecida através de planejamento e baixo custo.

 

Quais estratégias você tem elaborado para superar a crise? Deixe os seus comentários!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *